Futebol o esporte que fascina o mundo

raizes-jornal-6811-pxb

Duas equipes com onze jogadores em cada lado e um árbitro que se ocupa da correta aplicação das normas, o futebol - originado entre as elites burguesas na Inglaterra do século 19 - não é só uma paixão nacional e sim, mundial.

Por proporcionar diversão, desde muito cedo as crianças começam a praticar o esporte e em se tornam o sonho profissional de muitos deles. O que não falta são craques para inspirar!

Além de conquistar pessoas de todas as idades, o futebol traz benefícios à saúde, como ajuda a fortalecer a musculatura das pernas e troncos, estimula a circulação sanguínea, melhora a flexibilidade, mobilidade, reflexo e muito mais.

O esporte também encanta os apaixonados por boas histórias. Na Editora Fundamento você confere diversas abordagens sobre o assunto. Vamos conhecer alguns deles?

22GOL - FÉRIAS NO PAÍS DO FUTEBOL

 O time dos Cebolinhas vai descobrir por que o Brasil é o verdadeiro país do futebol! Momentos incríveis esperam Tomi, Alfinete, as gêmeas Lara e Sara, Becan, Dante, Ciro e João, o técnico Gaston Champignon e outros companheiros em uma viagem ao Rio de Janeiro. Fique de olho enquanto os garotos jogam uma "pelada" na praia, fazem novos amigos e até se encontram com grandes craques do momento! Quem sabe, você não entra em campo para uma partida decisiva em pleno estádio do Maracanã... Não fique de fora dessa aventura inesquecível!23

BILLIE B. BROWN - A ESTRELA DO FUTEBOL

Quem você acha que é melhor no futebol, os meninos ou a Billie? Os meninos da escola convidaram Jack, o melhor amigo da Billie, para uma partida de futebol. Billie também quer jogar, mas os garotos achavam que meninas não são boas com a bola no pé. Sem Jack por perto e sem poder participar do jogo, Billie fica muito zangada. O que será que Billie vai fazer agora? Uma dica: provar que meninas também podem ser craques... Venha descobrir como e se divertir!

BOLA NA REDE 1 - PONTAPÉ INICIAL24

A escola Campo Real não sabia quem era Jamie Johnson. Não sabia do seu talento nem da sua paixão pelo futebol. Mas Jamie, do alto de seus 13 anos, já tinha uma certeza: queria conquistar uma vaga no time A sub-14 da Campo Real! Queria também ganhar a admiração e o respeito de todos, para que soubessem que era o melhor ala esquerda da escola. Mas, apesar de dominar muito bem a bola, Jamie ainda precisava aprender a domar seu temperamento explosivo. Ele não suportava provocações e reagia mal... Ia de herói a vilão num piscar de olhos! E foi assim na peneira para entrar no time A: ele queria brilhar, só que na hora da verdade não conseguiu aguentar a pressão e se deu mal. E agora? Será que ele vai ter uma nova chance? Será que ele realmente tem o que é preciso para se tornar um verdadeiro campeão? Este é apenas o começo da história de Jamie Johnson. Apenas o Pontapé inicial! Futebol requer coragem. E os únicos limites são aqueles que o jogador impõe a si mesmo.